domingo, 13 de fevereiro de 2011

A religião sempre esteve presente na vida de todas as pessoas
Algo bom ou ruim? Isso não sei dizer ao certo. Mas alguns costumes e pensamentos arcaicos poderiam ser mudados.
A igreja na atualidade ainda possui um pensamento arcaico com relação ao sexo e a sexualidade. Muitas coisas mudaram desde o principio do que se diz "Cristianismo". Muitos são os exemplos, como, a proibição do uso de preservativos (no caso para a igreja o sexo tem o intuito único e exclusivo para procriação) que na minha opinião com tudo o que existe hoje, com todas as DSTs e a AIDS deveria ser revista essa questão. Sexo só após o casamento? As pessoas precisam se conhecer antes de decidir casar, dividir uma vida, uma casa e responsabilidades, casar é um passo extremamente grande! As pessoas tem o direito de se conhecer, na intimidade também.
Sexo e BDSM, creio eu, que a igreja abomina essa prática. Sexo, dor, prazer! Pode parecer estranho para muitas pessoas, mas o BDSM esteve presente na vida de vários cristãos. Não acredita? Vou citar um exemplo, na idade média a mulher tinha que ser Submissa ao homem, não poderia trabalhar, não deveria saber ler nem escrever (a não ser que entrasse para a vida religiosa), tinha que ficar em casa cuidando dos filhos, tinha como obrigação cuidar da casa e do marido, caso desobedecesse o marido tinha plenos direitos de puni-la! A mulher era posse do marido, devia-lhe obediência e servidão, não tinha direitos e era vista como ser inferior na sociedade. Submissão, Punição, algo familiar para você?
Hoje, apesar de estarmos no Século XXI, podemos ver certas semelhanças dos Homens Feudais com os Homens cristãos atuais ( obviamente que não são todos, e que não podemos generalizar). Enfim, o homem "atual" ainda acha que a mulher é sua posse, que está em seu domínio e que não passa de um ser inferior, e o mais absurdo, ainda acha que pode puni-la como se ainda estivéssemos em plena Idade das Trevas! E quando Homens e Mulheres se deparam com o BDSM, seu sentimento é de horror, nojo...
O que Há de errado com o BDSM? Nada, a não ser o fato de que "fere princípios" arcaicos de uma religião antiga, que na minha opinião, oprime o ser humano e o priva de muitas coisas prazerosas da vida. As pessoas deixam de conhecer algo, uma pratica, uma musica, uma pessoa, por conta de religiões que forçam pessoas a pensarem no que eles querem, que façam o que eles querem, que comam o que eles querem, que durmam, respirem e vivam da maneira que eles querem. As pessoas tem que se dar a OPORTUNIDADE de conhecer coisas novas sem medo ou preconceito.
Me desculpem se fugi do assunto. Não sou cristã, nem acredito em algum deus. Acredito que sou livre para fazer o que desejo, contanto que não afetem as pessoas ao meu redor de maneira negativa. Quero ter a liberdade de me expressar, de acreditar ou não no que quero, de praticar o que quero, de fazer sexo com quem quero, de ser feliz, de viver sem preconceito, de fazer o bem e principalmente sem precisar de religião ou algum deus para isso. Não acredito em deus ou diabo, acredito em caráter e na falta dele. E acredite isso faz toda a diferença!!!

( se quiserem reclamar do post, é só deixar um comentário)
Obrigada!

Um comentário:

GALDINO disse...

sem duvida uma das maiores coisas que ainda estamos conquistando é a liberdade de expressão
obs: gostei da parte que não generalizou os homens q acham q as mulheres são sua propriedade, um conselho , se quer um bom homem veja se ele é um bom filho,que ele sera um bom pai,e fara parte da sua vida como se vc fosse parte de sua carne!!!